quarta-feira, janeiro 17, 2007

Campanha: Tenho Direito!

Photobucket - Video and Image Hosting

Photobucket - Video and Image Hosting

Está finalmente, nas ruas de Coimbra, uma campanha dirigida a jovens, exigindo o respeito pelos nossos direitos sexuais e reprodutivos: contra a discriminação baseada no género e na orientação sexual, contra o sexismo, contra a desigualdade, contra a hipocrisia, contra a ausência de educação sexual, contra o aborto clandestino. Uma Campanha a favor dos direitos sexuais e reprodutivos. A nossa Campanha.
Porque a saúde de uma pessoa ou de uma sociedade também inclui estas coisas.

Um agradecimento especial ao Eduardo, que criou o cartaz, e às mulheres que deram o rosto pela causa.


Queres ajudar? Há lugar para ti: naoteprives@yahoo.com

3 Comments:

Blogger L. Antão said...

Ninguém pode ficar á espera que as coisas aconteçam é preciso forçar os acontecimentos. Muito boa iniciativa.

7:37 da tarde  
Blogger Carlos Alberto said...

Ajudem a divulgar

"Caminhada Pelo SIM"
Domingo, 21 de Janeiro às 10h30
na marginal de Matosinhos.

10:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ando a falar nisto há anos!!!!!

O Código do Direito Canonino "afasta" a possibilidade de ingresso nos seminários, qualquer deficiente físico. Uma vez que pelo CDC nunca poderão ser ordenados sacerdotes.

Para além de já ter lido isto algures, o Virgílio Ferreira ( que foi seminarista ) no sua MANHÃ SUBMERSA, dá como desfecho à obra a mutilação do jovem seminarista, como forma de se ver "livre" do pesadelo.

A ser assim as palavras do "santo padre" ainda soam como "mais" falsas. É que para além de condenarem o aborto, quando há má formação do feto, ainda por cima não os aceitam no seio da Santa Madre Igreja, a não ser para "rezar".

A verdade é que nunca vi nenhum sacerdote com alguma deficiência física, tirando o espectáculo da "agonia" do JP2.

consultar o CDC em:

http://www.vatican.va/archive/ESL0020/__PV.HTM





241 § 1. El Obispo diocesano sólo debe admitir en el seminario mayor a aquellos que, atendiendo a sus dotes humanas y morales, espirituales e intelectuales, a su salud física y a su equilibrio psíquico, y a su recta intención, sean considerados capaces de dedicarse a los sagrados ministerios de manera perpetua

12:45 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home